O RPA e EDI caminham lado a lado na automação total dos processos da sua empresa, isso porque, quando juntos, esses serviços são responsáveis não só pela automação de processos , mas também pela transmissão dos dados entre o ponto inicial e final. Vamos apresentar o conceito, as funcionalidades e os benefícios que esses serviços levam para o dia-a-dia da sua empresa.

RPA

A traz grandes revoluções para os negócios, uma delas é a automação dos processos que, conhecida como RPA (Robotic Process Automation), nasceu para a empresa aproveitar ao máximo o conhecimento dos seus colaboradores para um trabalho mais analítico, potencializando os resultados da sua empresa.

Todo o trabalho feito através de RPA não necessita de intervenção humana durante o processo, sendo capaz de corrigir erros e resolver problemas. É necessário apenas um acompanhamento do processo em casos críticos.

Alguns exemplos de uso de RPA na rotina de trabalho: Cobranças, recálculo de juros, notificações, monitoração de tarefas e análise de dados para tomada de decisões.

Benefícios do RPA

Automação de processos manuais

Todas as empresas possuem processos que são feitos diariamente para o andamento do processo, por isso, nada melhor do que automatizar esses processos através de robotização.

Redução de tempo

Todos esses processos, quando feitos por humanos, acabam consumindo uma grande parcela do dia de trabalho. Quando robotizamos essa tarefa, transformamos horas de trabalho em minutos.

Economia operacional

Com a robotização, todos os colaboradores que trabalhavam com tarefas operacionais podem migrar para uma função mais analítica, otimizando os resultados da empresa através de estratégias desenvolvidas com embasamento nos dados da robotização.

EDI

O EDI (Electronic Data Interchange) é a troca eletrônica de dados entre duas ou mais empresas e instituições feitas através de um sistema. Essa transmissão nasceu para otimizar o processo, eliminar o fluxo de dados através de papéis, diminuir custo e agilizar a troca de informações.

Para uma transmissão de arquivos EDI, é necessário um padrão de entrada e um padrão de saída (padrão estabelecido pela empresa). A padronização é realizada por quem comercializa o serviço, para que não haja nenhum dado perdido ou alterado durante o tráfego. 

Alguns exemplos de uso de EDI na rotina de trabalho: Envio de pagamentos, retorno de comprovantes, compartilhamento de arquivos fiscais de transporte, envio de boletos de cobrança, extrato bancário, arrecadação, entre outros…

Benefícios do EDI

Agilidade no processo

Como toda a transmissão de arquivos é feita de forma virtual, o envio e retorno dos documentos é feito em minutos, tornando todos os processos da empresa mais rápido e prático.

Economia operacional

Assim como RPA, as empresas possuem colaboradores que ficam focados full-time nessa função de envio e recebimento de arquivos, ou seja, há um gasto fixo mensal com uma função operacional. Com o EDI, a função desse colaborador se torna mais analítica e benéfica para sua empresa.

Eliminação de erros

Toda função que possui uma interação humana são passíveis de erro, ainda mais quando falamos de dados que, com uma virgula em um lugar indevido, podem resultar em impactos negativos para empresa.

Em suma, com essas tecnologias implantadas, as empresas ganham em agilidade, segurança, economia em todo os processos que atualmente são manuais. 

Quer saber mais sobre EDI e os benefícios que ele pode levar para sua empresa? Clique aqui.