O mercado mundial vive intensa transformação digital e no Brasil não seria diferente. Em 2019 fechamos o ano com um crescimento de 13,5% em vendas online, comparado ao ano de 2018, isso de acordo com a pesquisa da Mastercard SpendingPulse™. Tal fato mostra o crescimento acelerado dos e-commerces e a expansão de modelos de negócio entrando no mercado de lojas virtuais, como exemplo as lojas Renner que em 2019 aumentaram suas vendas online em 52,8%. Um outro ótimo exemplo é a crescente expansão dos supermercados no mercado de  compras delivery, que conforme pesquisa da Brasil Supermercados Online, a pretensão do segmento é de em 2023 movimentar cerca de R$48,65 bilhões.  

Diante o aumento da concorrência pelas vendas online, os consumidores buscam variedade, agilidade e segurança nas formas de pagamento dos e-commerces, e é exatamente isso que um ótimo gateway de pagamento faz, então continue a leitura e entenda tudo sobre essa solução.

Afinal, o que é Gateway de Pagamento?

O gateway de pagamento é uma interface que realiza o envio de dados bancários entre o consumidor, a empresa comerciante, as instituições bancárias e as redes adquirentes, tudo isso durante uma compra online. Sendo assim, o gateway de pagamento é imprescindível na estrutura de um e-commerce.

O surgimento do gateway aconteceu com o objetivo da redução de custos de desenvolvimento, operação e tempo. E tem como suas principais características :

  • Interligar um e-commerce com as operadoras e os bancos
  • Customização para qualquer tipo de checkout e cobrança
  • Fornecimento de ferramentas para o e-commerce realizar a gestão de risco da sua loja.

Entendi, mas como funciona o Gateway de Pagamento?

De forma simplificada o gateway de pagamento funciona como uma máquina de cartões, mas vamos explicar agora passo a passo o seu funcionamento.

Quando um cliente acessa e efetua uma compra no seu e-commerce através do cartão de crédito, ele preenche os seus dados do cartão no checkout do seu site, onde está implantado a interface do gateway. Após o preenchimento o gateway codifica e transmite os dados para o banco ou adquirente do seu cliente(operadoras de cartão como Cielo, Rede e Stone), para a validação dos dados e do crédito do cartão. Após os dados serem validados o banco retorna pelo gateway a confirmação da compra para o lojista, sendo que posteriormente o mesmo utilizará essa confirmação da transação para receber o seu dinheiro com o banco.

Quais são as diferenças entre Gateway e Intermediadores?

Ambos possuem o objetivo em comum de interligar o cliente, comerciante e adquirentes. Porém enquanto no gateway os dados são validados diretamente no banco e o comerciante recebe direto dele, com os intermediadores a responsabilidade e riscos da cobrança ficam por conta deles para repassar o dinheiro para o comerciante. Geralmente para identificarmos um intermediador em um processo de checkout, devemos constatar a mudança da url do e-commerce para o intermediador, porém hoje em dia existem casos do uso de token para não haver esse redirecionamento entre páginas. Os maiores problemas que o comerciante de um e-commerce encontra em um intermediador é falta de flexibilidade nas formas de pagamento, visto que as soluções vendidas por intermediadores são fechadas e restritas a customizações, e também a falta de compatibilidade em algumas plataformas de e-commerce.

Todas as vantagens de escolher o Gateway de Pagamento

Iremos listar diversas vantagens do gateway de pagamentos perante os intermediadores:

  • Facilidade na integração em qualquer tipo de plataforma ou sistema
  • Flexibilidade para escolher os meios de pagamento e tipos de cobrança
  • Suporte profissional para resoluções de eventuais problemas
  • Painéis e relatórios gerenciais para a configuração dos meios de pagamento e para relatórios financeiros de suas vendas
  • Muito mais segurança nas transações, pois gateways de pagamento devem possuir certificações de segurança como PCI Compliance, e utilizarem criptografia e firewall
  • Diversos recursos avançados como cobrança recorrente, pagamentos com dois cartões, conciliação financeira, pagamentos com um clique e estorno de pagamentos
  • Otimizam as taxas de conversão, pois não redirecionam o usuário para outra página e possuem uma maior variedade de formas de pagamento
  • Redução de custos, pois com o gateway de pagamento você consegue negociar diretamente as taxas de juros com os bancos

Agora que você já sabe como funciona, como escolher a melhor opção?

Para você escolher a melhor solução de gateway de pagamento, você deve buscar uma empresa que possua todas as vantagens que citamos acima focando em:

  • Nível de customização do gateway de pagamento, sempre avaliando se ele possui ligação com os bancos e adquirentes que o seu público-alvo utiliza
  • Certificações de segurança que o criador do gateway possui, para garantir a estabilidade das transações e evitar fraudes e invasões
  • Avaliar se o gateway possui integração com a sua plataforma de e-commerce
  • Qualidade do atendimento e suporte para eventuais instabilidades
  • Nível de robustez do processamento de pagamentos, principalmente para grandes lojas
  • Avaliar as empresas que utilizam o gateway que você pretende contratar