O Token se tornou mais conhecido com a evolução tecnológica atrelada ao universo bancário, proporcionando um nível mais alto de segurança do que apenas a utilização de senhas para acesso aos diversos internet bankings que foram criados.

Por um lado, vemos a evolução das instituições financeiras e a preocupação com invasões de contas bancárias e transações, por outro lado, temos uma evolução tecnológica constante, que cada dia mais leva a praticidade às operações.

Vamos entender a influência do token no mercado financeiro, na segurança e na redução de processos operacionais.

O que é token?

O token, em sua tradução tem o significado de “passe”, o que já nos dá uma ideia de sua serventia, de fato ele foi feito para que através de uma combinação numérica, possibilite um usuário o acesso a determinada conta ou função em um sistema ou internet banking. 

No início da implementação do token, ele era disponibilizado aos usuários através de um dispositivo físico, e ainda hoje, não é difícil encontrá-lo no departamento financeiro de muitas empresas.

Porém, como falamos anteriormente, as evoluções tecnológicas não param e hoje já temos acesso a diversos meios paliativos de ter acesso a um token de forma digital, um grande exemplo disso é o Google Authenticator.

Ou seja, através de um aplicativo onde você faz seu registro, você consegue receber tokens para acesso a sua conta Google do seu dispositivo móvel, independente da onde você esteja.

O token bancário é seguro?

Precisamos levar em consideração que o token foi criado para que haja um nível a mais de proteção ao acessar o internet banking e realizar transações bancárias, então sim, o token bancário é extremamente seguro.

O token funciona da seguinte forma: ele é sincronizado pelo tempo, gerando senhas aleatórias com um determinado número de segundos para expiração, além das combinações não se repetirem nunca, o que garante que apenas a pessoa que possui o token tenha acesso a combinação e consiga acessar a conta.

Token bancário no departamento financeiro.

O token teve sua predominância de utilização após a criação do internet banking pelas instituições financeiras, levando isso em consideração, é claro que sua maior utilização nas empresas parte do departamento financeiro.

Para pessoas físicas, o token já mostrou grandes benefícios, mas quando inserimos o cenários de grandes empresas, esses benefícios são reduzidos. Isso porque grandes empresas não possuem apenas uma conta em um banco específico, cada banco oferece uma vantagem diferente e por isso, as empresas possuem conta em mais de cinco bancos diferentes.

E o que isso causa? uma grande quantidade de tokens físicos que precisam ser administrados, guardados e mantidos principalmente em segurança!

Então por um lado, possuímos vantagens relacionadas à segurança contra invasões em contas bancárias, mas por outro, ainda existe um processo extremamente operacional de entrada em cada internet banking, com cada token específico para funções do dia a dia.

Para quem trabalha com essa área do financeiro sabe que esses processos são extremamente operacionais, e muitas vezes não podem ser passados para uma equipe operacional por se tratar de questões importantes, como transações bancárias da empresa.

Como automatizar a utilização do token?

Pensando em desburocratizar a utilização do internet banking nos diversos bancos que uma empresa possa ter, o Bankmanager foi criado para centralizar este acesso e os diversos tokens utilizados, então ele opera como uma plataforma multibanco e multiempresa.

Por centralizar toda a operação em uma única plataforma, o departamento financeiro também centraliza os tokens de acesso, sendo necessário apenas a instalação do aplicativo do Bankmanager para conseguir acesso ao token único no momento de acesso.

Através dele é possível visualizar o saldo da empresa de forma consolidada, como também os diversos extratos bancários. Agilizando o processo de contas a receber, realizando o cadastro ou manutenção dos títulos de cobrança, como também o de contas a pagar, já que é possível realizar todas as autorizações de pagamento pela plataforma.

Como podemos ver, o token foi e continua sendo uma ferramenta muito importante no quesito segurança, tanto para pessoas físicas como jurídicas, sendo assim é pouco provável que ele seja descontinuado, o que podemos ver são evoluções que acontecem a partir dele, tornando o dia a dia das empresas e dos departamentos financeiros mais prática.

O Bankmanager é a solução que sua empresa precisa? Fale agora mesmo com nossos especialistas e leve agilidade e segurança para suas operações!