O planejamento e execução de estratégias empresariais é um dos maiores desafios para o mundo corporativo. Em um mundo cada vez mais competitivo, ter uma boa estratégia sendo bem executada são fatores que fazem a diferença para a empresa.

Pensando em fortificar a operação e facilitar o crescimento rápido do negócio é importante criar um modelo sólido de gestão em que todos os stakeholders possam entender a sua aplicação com facilidade.

E assim nasceu o OKR (Objectives and Key Results) visando suprir essa carência nas empresas.

Neste artigo vamos comentar sobre a importância de uma gestão efetiva, o papel dos OKRs dentro de uma operação do departamento financeiro e como implementá-la.

Desenvolvemos uma planilha para que você possa utilizar a metodologia OKR no seu dia a dia.

O que é OKR?

OKR é uma metodologia de gestão que foi desenvolvida pelo ex-CEO da Intel, Andrew Grove. O objetivo é facilitar a maneira de encarar os objetivos primordiais dentro da empresa. O Google utiliza o método desde 1999.

Ou seja, OKR é um framework de gestão contínuo visando o trabalho em conjunto dos colaboradores, focando em seus esforços para fazer contribuições que levem a empresa adiante.

Existem dois componentes principais nos OKRs:

  • Objetivos (O): Apresenta a direção de onde a empresa pretende conquistar. Cada objetivo deve ser bem descrito para que todos os colaboradores tenham noção do quão impactante será alcançá-lo.
  • Resultados-chave (KR): Metas com impacto direto no objetivo a ser alcançado.

A grande diferença entre os dois é que, o objetivo é qualitativo e os KRs (geralmente) são quantitativos.

Como funciona a metodologia OKR

Citamos o que é o OKR, mas como ele funciona para as empresas?

Os objetivos devem ser sucintos, claros e que tragam aspirações, para que assim estejam na cabeça dos colaboradores. Já os key results são utilizados para indicar o progresso do objetivo até o final do período.

Geralmente os OKRs táticos são analisados trimensalmente e OKRs estratégicos são analisados anualmente.

Para escrever os seus objetivos é importante ter alguns pontos em mente – procure passar a ideia de ação, passar inspiração, busque o equilíbrio entre inspiração e realidade para evitar frustração e se comunique com a visão do negócio.

Já para os key results é preciso levar em conta de que ele seja mensurável, ou seja, quantitativo, além disso, dê um dono ao resultado, assim haverá um aumento do engajamento da equipe e mantenha sempre eles de forma que sejam simples e claros para que não haja dúvidas referentes aos resultados.

Mais pra frente no texto vamos citar alguns exemplos que você pode utilizar no seu departamento.

Como colocar na prática o OKR no departamento financeiro

Vamos explicar o conceito para o departamento financeiro da sua empresa. Para isso, separamos algumas práticas importantes para você implementar na sua empresa.

Entender o setor

Primeiramente é importante você compreender as reais necessidades do departamento financeiro da sua empresa. Assim, você consegue utilizar a metodologia analisando onde o seu negócio pode chegar, traçando metas possíveis de se alcançar e de acordo com os seus objetivos.

Defina metas

Defina quais serão os indicadores de desempenho financeiro que irão te nortear com a metodologia do OKR, apresentando a você os rumos em que as metas estão tomando e assim, analisando se elas estão ou não levando a sua empresa pela caminho mais correto.

Leve em consideração todo o seu departamento, rentabilidade, lucro bruto, custos fixos e variáveis. Pois assim você terá uma nossa noção maior do andamento das suas metas.

Determine prazos

Definir prazos é um dos principais segredos para a metodologia ser bem aplicada, assim os colaboradores conseguem focar mais e com um esforço direcionado para atingir o objetivo pré definido.

Caso ocorra algum atraso na entrega previamente estabelecida é necessário realizar uma análise dos motivos e assim definir um novo prazo para a entrega.

Acompanhamento de resultados

Monte uma rotina de acompanhamento de resultados, preferencialmente quinzenais. Caso ocorra possíveis adversidades, você e sua equipe poderão atuar para mitigar os problemas e assim atingir os objetivos pré-determinados.

Além disso, seus feedbacks aos colaboradores são mais assertivos, já que você mostrar as tarefas pautadas em dados.

O grande resultado do OKR é implementar uma cultura pautada em dados por toda a equipe, gerando melhor desempenho e menos estresse.

Exemplos

Para facilitar o seu trabalho criamos uma planilha com alguns exemplos para que você possa aplicar a metodologia OKR na empresa, o template é gratuito, aproveite e melhore sua gestão!